Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Cântico à madrugada

por Mafalda, em 10.07.14

Num silêncio desassossegado pelas insónias da paixão, procuro-o de madrugada entre os lençóis de seda.

Suaves, macios, como a pele quente do corpo ao meu lado adormecido. Num estado febril de desejo, percorro aquele deus grego ensopando-o de húmidos e provocadores beijos.

Acorda. Enroscamo-nos na descoberta mútua das fantasias que os corpos em êxtase anseiam.

Chegou, serena, uma nova manhã, um novo dia.

 

Beijocas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





Mais sobre mim




Envia-me a tua mensagem




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D