Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





As japonesas

por Mafalda, em 10.10.14

 As japonesas - A Maleta da Mafalda

O que parecia ir ser uma semana comum no trabalho, acabou comigo a acompanhar um grupo de japonesas a comemorar a Implantação da República Portuguesa ao som de fados da Amália em pleno Bairro Alto.

Uma semana antes tinha ido ao aeroporto buscar quatro jovens executivas vindas de Tóquio para proporem uma parceria entre ambas as empresas do mesmo ramo em que trabalhamos.

 

À chegada, pareciam mais quatro hospedeiras ainda com a farda. Mordi o lábio e só pensava no dia em que o meu chefe me pagaria tal infortúnio, com juros. De sorriso amarelo, bem característico dos japoneses, lá as recebi à altura. Encaminhei-as para o hotel e dei-lhe as orientações necessárias para que no dia seguinte se pudessem apresentar na empresa.

Pontuais, clássicas no vestir, postura e educação irrepreensíveis, profissionais.

No final do primeiro encontro de trabalho, o administrador incumbiu-me de acompanhar as senhoras por Lisboa para lhes mostrar a cidade e fazê-las sentirem-se em casa. Pois sim, coloco-as num autocarro turístico e depois, se é para se sentirem em casa levo-as a um restaurante japonês.

Com idades compreendidas entre os 25 e os 30 anos, já tinham o vício da máquina fotográfica. Lá fui eu todo o caminho no autocarro e fora dele a clicar para que ficassem juntas nas fotografias.

Mudança de planos. Pedi para que fossem ao hotel vestir umas roupas menos formais, tipo calça de ganga e t-shirt. Não trouxemos, responderam em coro num inglês irrepreensível. Por amor da santa! Levei-as para a baixa pombalina e Chiado com a condição de as máquinas fotográficas ficarem no carro.

No dia seguinte, em nova reunião, o meu director deitou-me um olhar provocador. As jovens apresentaram-se vestidas de calças de ganga, blusas sensuais, sapatos altos, cabelos soltos e até já colocavam os cotovelos na mesa.

Com o passar da semana as conversas tornaram-se mais soltas e cada vez mais prolongadas pela noite. Os sorrisos amarelos deram lugar a gargalhadas.

Beijocas

Autoria e outros dados (tags, etc)





Mais sobre mim




Envia-me a tua mensagem




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D